DEFICIÊNCIAS, Mario Quintana (escritor gaúcho nascido em 30/07/1906 e morto em 05/05/1994 .

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce.

"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

"A amizade é um amor que nunca morre."
**********************************************************************************
Quero agradecer minha querida colega Beatriz, pelo carinho de enviar-me estas preciosas palavras do queridíssimo escritor e poeta gaúcho, Mário Quintana. Valeu, é linda e um belo ensinamento.
Abração Beatriz.
http://gravidaaos41.blogspot.com/

6 comentários:

Vanessa B.M. disse...

Que lindo texto, Iara!
Obrigada por compartilhar.
Uma ótima sexta-feira para você!
Bjks,
Vanessa

Luciana F. Damiano disse...

Esse texto é lindo realmente.
Um bom feirado e final de semana!!
bjs

Joana disse...

Oi Iara, são sábias as palavras de Mario Quintana pois se encaixam perfeitamente nos dias de hoje. É bom ler coisas assim de vez em quando, fazem a gente acordar para muitos aspectos da vida que por mais consciencia que a gente tenha em não os deixar adormecer, de vez em quando damos uma cochilada. Beijos.
Joana

Toquinha do Artesanato disse...

Oi Iara, obrigada pelo voto, o Tinho agradece também!
Beijinho e bom domingo
Simone

Alice disse...

Iara, cuan savio y observador fué ese escritor gaucho.Sinceramente me ha conmovido su reflexión. Buen comienzo de semana. Besos

Patricia Seabra disse...

Nossa Iara, que texto maravilhoso, ainda não o conhecia!!!!! Lindo!