19.julho.2011



"Não basta procurar para que o êxito  te acompanhe. É preciso saber o que fizeste daquilo que já encontraste..."

****************************************************************************


PROCURAR E ENCONTRAR
Emmanuel

Estudando o Evangelho em sua Divina simplicidade, jamais nos cansemos de aprender com a Natureza.
Não basta procurar para que o êxito  te acompanhe.
É preciso saber o que fizeste daquilo que já encontraste...

O verme pede luz e recolhe a claridade solar.
Em troca, aduba a terra, auxiliando a sementeira.

A árvore reclama a presença da fonte que lhe refresque as raízes, obtendo o manancial que lhe assegura a seiva farta.
Em troca, entrega a quem passa todo um tesouro de serviços a expressar-se em frutos dadivosos, assistência e doçura.

A abelha suspira pelo néctar que lhe enriquece a moradia e recebe das flores preciosa alimentação.
Em troca, oferece ao homem o milagre do mel.

Todos os elementos e todos os seres buscam algo e algo encontram, estendendo o câmbio valioso da cooperação e da simpatia que garantem o mundo em seus fundamentos.

Reflitamos o ensino e situemo-nos na posição do usufrutuário que dispõe consigo de infinitos recursos, em favor de si mesmo.

Procurávamos ocasião de resgatar o pretérito e clamávamos pelo reencontro com antigos adversários para o trabalho de recuperação e de reajuste.
Suplicávamos talentos, possibilidades, tempo e dons...
E, tudo isso brilha em nosso coração e em nossos braços, enquanto a oportunidade nos favorece agora a recomposição do destino...
Valorizemos, desse modo, os meios que já nos felicitam a existência e, em troca, do carinho com que a bondade celeste nos ampara, saibamos produzir mais trabalho, mais compreensão e mais fraternidade junto de nós.

Amanhã, sofreremos a inspeção da Contabilidade Divina.
Que não sejamos identificados na condição do servo ocioso que gastou a riqueza dos dias procurando  vantagens e benefícios, quando benefícios e vantagens nos cercam por todos os ângulos do caminho.

Que a Justiça Eterna nos encontre por trabalhadores fiéis que fizeram do amor recebido mais ampla lavoura do amor, afim de que o amor, como Divindade Imperecível da Vida, nos coroe de paz e vitória, hoje e sempre.

(Do livro "Refúgio", Emmanuel, Francisco C. Xavier)

 
 

6 comentários:

Luciana F. Damiano disse...

Muito bom esse texto Iara!
Bom lembrar que devemos sempre produzir algo útil em troca de tudo que a natureza nos oferece!
beijos

Si da Toquinha disse...

Ótimo texto amiga!!!
Como vc está?
Bj
Si

Letícia de Alarcon disse...

Oi Iara,
Muito obrigada pela visita!
Fazia tempo que não te visitava.
Lindo texto.
Beijos!

ARTES ANDRÉA PRADO disse...

Olá Iara,tudo bem querida??
Fiquei muito feliz com sua visita e carinho!! Vc tem razão, os materias de scrap são realemnte um pouco caros, mais como vc mesma disse, a gente improvisa com materias alternativos e recicláveis, fazendo bem pro nosso bolso e pro meio ambiente!!
Amei seu cantinho e seus trabalhos!!
Que texto lindo esse, tbém sou espírita Kardecista.
Já estou te seguindo!!
Bjsss no seu coração e volte sempre no meu cantinho, se precisar de algo é só dizer.Andréa Prado

Maria Maria Arte disse...

Olá Iara!

Vim conhecer o seu blog e já estou te seguindo, seus trabalhos são lindos, parabéns.

Beijos.

Fátima Pernambuco

http://mariamariarte.blogspot.com

Tatiane Mendes Viegas disse...

Oi!! Querida amiga, perfeito este texto não devemos nunca esquecer que todos estamos aqui por alguma razão!! Passei para avisar que tem selinho pra vc no blog! beijo